9.75 €

Repolga - Pleurotus ostreatus - 25 Pellets

Repolga - Pleurotus ostreatus - 25 Pellets
Untitled Document

 

Satisfeito ou Reembolsado - Experimente 15 Dias Sem Compromisso Satisfeito ou Reembolsado - Experimente 15 Dias Sem Compromisso Satisfeito ou Reembolsado - Experimente 15 Dias Sem Compromisso!  

Disponibilidade: Sujeito a Encomenda e Pré-Pagamento
Prazo aproximado para entrega: 2 a 3 semanas *

* Devido ao reduzido prazo de validade deste produto (2 a 3 meses no frio), cada encomenda será produzida individualmente em laboratório pelo que, o prazo aproximado para entrega poderá variar.

Repolga - Pleurotus ostreatus - 25 Pellets

Sinónimos
Repolga
Shimeji-Preto
Hiratake
Caetetuba
Cogumelo-Gigante
Oyster mushroom
Pleurotus ostreatus

Repolga - Pleurotus ostreatus - 25 Pellets - JARDICENTRO LOJA ONLINE

Características gerais
O cogumelo quando maduro apresenta um chapéu em forma de concha com uma cor que varia do beije a cinzento-escuro, possui um pé lateral e normalmente frutificam agrupados em cacho.
O seu tamanho varia de 5 - 20 cm de diâmetro, com um aroma e textura bastante agradáveis.

Particularidades medicinais
Possui propriedades redutoras do colesterol, devido à Lovastatina, ainda menos estudadas estão as suas propriedades anti-tumurais.

Habitat natural
Encontra-se na natureza em troncos de árvores debilitadas ou mortas, geralmente folhosas, tem no Outono a sua principal época de frutificação. Comum nas nossas florestas.

Locais/Condições de cultivo
Espécie de fácil cultivo por se desenvolver numa grande diversidade de matérias-primas, é a 3ª espécie mais cultivada em todo o mundo.
Pode ser cultivado em sacos de substrato, em canteiros ou em troncos de madeira.

 

Repolga - Pleurotus ostreatus - 25 Pellets


 
Atenção:
As fotografias apresentadas podem não reproduzir fielmente o aspecto real desta espécie de cogumelo. Não colha cogumelos no campo com base nestas imagens ou se não tiver absoluta certeza quanto à espécie. Muitos cogumelos são venenosos.

Produtos disponíveis para Produção de Cogumelos Repolga - Pleurotus ostreatus :
- Pellets ou Cavilhas Inoculadas com Esporos
- Spawn ou Micélio em Grão
- Saco Kit de Cultivo pronto a Produzir – 2 Kg
- Saco Kit de Cultivo pronto a Produzir – 9 Kg

Sugestões para cultivo doméstico de Cogumelos Repolga - Pleurotus ostreatus :
1 - Produção de Cogumelos Repolga em Ramos e Troncos de Árvores
2 - Produção de Cogumelos Repolga em Sacos Kit de Produção
3 - Produção de Cogumelos Repolga em Canteiros de Jardim ou em Hortas
4 - Produção de Cogumelos Repolga em Sacos de Bio Compostagem

1 - Produção de Cogumelo Repolga em Ramos e Troncos de Árvores

Pellets ou Cavilhas Inoculadas com Esporos

Produção de Cogumelos em Ramos e Troncos de Árvores
A produção de cogumelos em troncos de madeira é das técnicas mais ancestrais de produção de cogumelos e é adequada para uma vasta gama de espécies.
Ao contrário das outras técnicas de produção apresentadas, este tipo de produção é menos intensivo e os resultados demoram mais tempo a observar-se.
O período de incubação pode ir de 6 meses a 18 meses, dependendo da espécie de cogumelo e da madeira utilizada. Por outro lado, a duração da produção pode-se estender até aos 6 anos.
Esta técnica, é também a que exige menos controlo do substrato – os troncos de madeira.
Os cogumelos assim produzidos têm características gastronómicas muito próprias que justificam plenamente a espera pelas primeiras produções.

Espécies de cogumelos que se podem cultivar mais facilmente em ramos e troncos de árvores:
Cogumelo do Cardo ( Pleurotus eryngií )
Cogumelo do Choupo ( Agrocybe aegerita )
Enokitake ( Flammulina velutipes )
Juba de Leão ( Hericium erinaceus )
Nameko ( Pholiota nameko )
Reishi ( Garvoderma lucidum )
Repolga ( Pleurotus ostreatus )
Repolga Cor-de-Rosa ( Pleurotus djamor )
Repolga Setas ( Pleurotus pulmonarius )
Shiitake ( Lentinus edodes )

Repolga - Pleurotus ostreatus - 25 Pellets

Propagação de Cogumelos em Ramos e Troncos de Árvores

Troncos
Preferencialmente deve utilizar-se madeira de carvalho. Mas dependendo da espécie de cogumelos podem utilizar-se outras madeiras. Ao efectuar a encomenda ser-lhe-á dada a indicação da madeira melhor para cada situação, assim com as condições particulares de produção de cada espécie.

Os troncos a inocular devem ser cortados cerca de 2 a 3 semanas antes de se realizar a inoculação, durante a fase de repouso vegetativo e a sua casca deve se manter intacta para evitar infecções e contaminações por parte de bactérias e fungos patogénicos. A sua dimensão pode variar entre:

- Diâmetro: 5 cm – 25 cm:
- Comprimento: 70 cm – 100cm
O tamanho ideal será troncos com 15-20 cm de diâmetro e 100 cm de comprimento.
O nº de furos a realizar nos troncos pode ser seguida pela seguinte formula:

- N.º de furos = (Diâmetro tronco/3) x (Comprimento tronco/20)

Inoculação
- Perfurar a 1,5 a 2 cm de profundidade do toro e com um diâmetro de 8 mm, com distâncias entre 20 a 30 cm no sentido longitudinal e 6 a 12 no transversal
- De preferência efectuar a inoculação no Outono;
- Colocar o inoculo dentro de cada buraco e vedá-lo com parafina líquida ou substância isolante (flinkcoat);

Repolga - Pleurotus ostreatus - 25 Pellets

Incubação
- Os toros ficam alinhados na horizontal, uns sobre os outros, nunca ultrapassando 1 metro de altura e cobrem-se com um plástico escuro;
- Temperatura óptima de incubação – 20 a 25 ºC
- O local de incubação deve ser sombrio e com uma temperatura amena, no Verão nunca deixar secar os toros por completo e no Inverno evitar o encharcamento do terreno;
- Caso tenha um número reduzido de toros, podem-se colocar dentro de um saco plástico preto e deixar a repousar num espaço dentro de casa;
- O período de incubação pode durar de 6 meses a 1 ano, os toros apresentam vestígios de micélio (massa branca) nas extremidades, após este período inicia-se a frutificação;
 
Frutificação
- Depende das condições ambientais, principalmente diminuição de temperatura (16-17 ºC) e aumento de humidade;
- Sem intervenção humana este período corresponde à chegada do Outono
- Indução da frutificação com regas abundantes ou imersão durante 24 horas em água e colocação dos toros na vertical;
- Tem a duração de 14-21 dias
- Podem produzir durante 2 a 6 anos
- 8 a 12 ciclos de produção
- O rendimento desta técnica situa-se entre os 10 % a 15% do peso da madeira utilizada.

Colheita
- Colher quando 50 a 60 % do chapéu estiver aberto

2 - Produção de Cogumelos Repolga em Sacos Kit de Produção

(Ver procedimento na página do produto)

Repolga - Pleurotus ostreatus - 25 Pellets


3 - Produção de Cogumelo Repolga em Canteiros de Jardim ou em Hortas

Spawn ou Micélio em Grão
A produção de cogumelos em canteiros tem por objectivo aproveitar as condições atmosféricas da Primavera e do Outono para produzir algumas espécies de cogumelos. Esta técnica permite aproveitar diversos resíduos agrícolas e florestais para criar diversos canteiros com espécies diferentes.
Deve-se ter especial cuidado com a localização dos canteiros, devendo ser sempre locais ensombrados, ao abrigo do vento.
As espécies de cogumelos tem exigências culturais e ambientais distintas.

Espécies de cogumelos que se podem cultivar mais facilmente em canteiros de jardim ou em hortas:
Repolga (Pleurotus ostreatus)
Repolga Setas (Pleurotus pulmonarius)
Repolga Cor-de-Rosa (Pleurotus djamor)
Cogumelo do Cardo (Pleurotus eryngii)
Pé Azul (Lepista nuda)
Pantorra (Morchella esculenta)
Stroforia (Strafaria rugoso-annulata)

Apresenta-se de seguida o protocolo geral para a produção de cogumelos em canteiros.

Material:
- 10 Kg de estilha (fragmentos ou lascas) de diversos materiais lenhosos (à excepção de resinosas);
- Álcool comercial, luvas de látex;
- 3 Kg de Spawn em grão da espécie a cultivar;
- Água, sacocaixa plástica;
- Roupa de trabalho lavada;

Inoculação

O spawn em grão deve ser bem partido

Repolga - Pleurotus ostreatus - 25 Pellets

Procedimento:
1. Desinfectar as mãos e antebraços com álcool e vestir as luvas;
2. Misturar o material numa tina juntamente com água;
3. Continuar a misturar até o material absorver a água ou deixar durante 24 horas;
4. Escorrer o excesso de água, de modo ao material ficar húmido e não encharcado, o peso do substrato final deve rondar os 20-25 Kg (teor de humidade 50-55%);
5. Inocular o substrato com o spawn de forma uniforme numa caixa plástica ou num canteiro - O spawn deve ser retirado do frigorifico 24 horas antes de ser utilizado;

Repolga - Pleurotus ostreatus - 25 Pellets - JARDICENTRO LOJA ONLINE

6. Prensar o substrato e cobrir com um plástico escuro num local fresco e sombrio; preferencialmente no Outono ou na Primavera.
7. Deixar a incubar 20 a 30 dias, durante este período verificamos o desenvolvimento do micélio;
8. Após o período de incubação inicia-se a frutificação, os cogumelos irão surgir nas partes laterais e no topo da pilha;
9. A colheita deve ser efectuada quando os cogumelos ficam com a margem plana do chapéu 4 ou 5 dias após o início da frutificação;
10. Se a colheita não for efectuada na altura exacta irá observar-se um depósito de esporos no local da produção, indicação de que a colheita já deveria ter realizada, embora possam ser recolhidos e consumidos com toda a segurança;
11. Após a colheita o fungo entra num processo de repouso iniciando uma nova frutificação ao fim de 10 a 15 dias; 
12. A partir da 3ª frutificação, já não se justifica manter a pilha como local de produção de cogumelos, no entanto a decomposição destes resíduos é rápida e poderá ser utilizado como um correctivo orgânico de excelente qualidade no jardim ou horta;
13. A produção total por canteiro deve situar-se entre os 5 a 10kg de cogumelos, dependendo da espécie em questão, da qualidade do substrato e das condições atmosféricas.

Espécies de cogumelo que se podem cultivar mais facilmente em canteiros de jardim ou em hortas:
Repolga (Pleurotus ostreatus)
Repolga Setas (Pleurotus pulmonarius)
Repolga Cor-de-Rosa (Pleurotus djamor)
Cogumelo do Cardo (Pleurotus eryngii)
Pé Azul (Lepista nuda)
Pantorra (Morchella esculenta)
Stroforia (Strafaria rugoso-annulata)

4 - Produção de Cogumelo Repolga em Sacos de Bio Compostagem
Spawn ou Micélio em Grão

Produção de Cogumelos em Sacos de Bio Compostagem

Com esta técnica consegue-se produzir cogumelos durante todo o ano dentro de casa.
As espécies de cogumelos têm exigências culturais e ambientais distintas pelo que ao encomendar ser-lhe-ão enviadas as instruções específicas para as espécies a produzir.
Apresenta-se de seguida o protocolo geral para a produção de cogumelos em casa.

Espécies de cogumelos que se podem cultivar mais facilmente em sacos de compostagem no interior ou exterior ou em pilhas de composto:
Repolga ( Pleurotus ostreatus )
Repolga Setas ( Pleurotus pulmonarius )
Repolga Cor-de-Rosa ( Pleurotus djamor )
Cogumelo do Cardo ( Pleurotus eryngií )

Apresenta-se de seguida o protocolo geral para a produção de cogumelos em sacos de Compostagem.

Material
-3 Kg. de diversos restos orgânicos: palhas de todo o tipo, aparas de madeira, serrim ou serradura (excepto de pinheiros), restos de culturas agrícolas (rama de batata, carolo de milho, etc.) e restos domésticos (borras de café, cascas de vegetais) – toda esta matéria prima deve estar bem seca;
- Álcool comercial, luvas de látex;
- 0,600 Kg de Spawn ou Micélio em grão da espécie a cultivar;
- Água, saco ou caixa plástica;
- Roupa de trabalho lavada;

Inoculação
O spawn em grão deve ser bem partido

Repolga - Pleurotus ostreatus - 25 Pellets

Procedimento
1. O material deve ser cortado até atingir um tamanho de 5 a 10 cm;
2. Desinfectar as mãos e antebraços com álcool e calçar as luvas;
3. Misturar o material numa tina e adicionar 7 L de água quente;
4. Continuar a misturar até o material absorver a água ou deixar durante 12 horas;
5. Deixar escorrer o excesso de água, de modo ao material ficar húmido e não encharcado;
6. Inocular o substrato com o spawn granulado num saco plástico ou caixa plástica, de forma uniforme (bem espalhado) - O spawn deve ser retirado do frigorifico 24 horas antes de ser utilizado;
7. Prensar o substrato: - numa caixa plástica, cobrir com um plástico escuro; -num saco efectuar 5 pequenos (1,5 cm) orifícios para permitir arejamento e posterior frutificação;
8. Deixar a incubar num local escuro, de temperaturas amenas e limpo, durante 20 a 30 dias;
9. Após o período de incubação inicia-se a frutificação, os cogumelos irão surgir no topo da caixa e nos orifícios efectuados no saco;


Repolga - Pleurotus ostreatus - 25 Pellets

10. A colheita deve ser efectuada quando os cogumelos ficam com a margem plana do chapéu 4 ou 5 dias após o início da frutificação;
11. Se a colheita não for efectuada na altura exacta irá observar-se um depósito de esporos no local da produção, indicação de que a colheita já deveria ter realizada, embora possam ser recolhidos e consumidos com toda a segurança;
12. Após a colheita o fungo entra num processo de repouso iniciando uma nova frutificação ao fim de 10 a 15 dias;
13. A partir da 3ª frutificação, já não se justifica manter o saco ou caixa, poderá depositar-se o substrato esgotado numa pilha de compostagem, que dará origem a um excelente composto agrícola ou de jardim;
14. A produção total por saco deve situar-se entre os 2 a 4 kg de cogumelos, dependendo da espécie em questão, da qualidade do substrato e da humidade relativa.

Espécies de cogumelos que se podem cultivar mais facilmente em sacos de compostagem no interior ou exterior ou em pilhas de composto:
Cogumelo do Cardo ( Pleurotus eryngii )
Repolga ( Pleurotus ostreatus )
Repolga Cor-de-Rosa ( Pleurotus djamor )
Repolga Setas ( Pleurotus pulmonarius )

Produtos disponíveis para Produção de Cogumelos Repolga - Pleurotus ostreatus :
- Pellets ou Cavilhas Inoculadas com Esporos
- Spawn ou Micélio em Grão
- Saco Kit de Cultivo pronto a Produzir – 2 Kg
- Saco Kit de Cultivo pronto a Produzir – 9 Kg

Sugestões para cultivo doméstico de Cogumelos Repolga - Pleurotus ostreatus :
1 - Produção de Cogumelos Repolga em Ramos e Troncos de Árvores
2 - Produção de Cogumelos Repolga em Sacos Kit de Produção
3 - Produção de Cogumelos Repolga em Canteiros de Jardim ou em Hortas
4 - Produção de Cogumelos Repolga em Sacos de Bio Compostagem

Spawn ou Micélio em Grão para cultivo em Canteiros ou Sacos de Compostagem ou Composto - 1 Quilo

Pellets ou Cavilhas Inoculadas para Cultivo em Troncos e Ramos de Árvores – 25 Unidades

Comentários

Marcas
Pesquisa Rápida
 
Utilize palavras chave para pesquisar Artigos.
Pesquisa Avançada
Partilhar Artigo
Partilhar por E-Mail Partilhar no Facebook Partilhar no Twitter Partilhar no Google Buzz Partilhar no Digg
Idiomas
Português Português Brasil Português Angola Português Cabo Verde Português Guiné-Bissau Português Macau Português Moçambique Português São Tomé Príncipe Português Timor-Leste English Español Français Italiano Deutsch Russian
Divisas